“O Esquenta do Mica Pedro”, o Projeto da Prefeitura de Itajuípe, São João dos Bairros.

Ontem foi a vez de contemplar o Distrito de União Queimada, com as apresentações das Bandas locais e regionais: Zé Paulo das Teclas, Cacau e Cia, e Digo Martins.

A comunidade compareceu em peso para prestigiar e se divertir na noitada de forró e músicas tocadas no momento.

Foi uma noite imperdível. Digo Martins fechou a noitada com um excelente show.

O Vereador Mateus Mala, esteve presente, prestigiando o evento e deu total apoio a realização da festa.

Amanhã será a vez de contemplar o São João dos Bairros, na AVENIDA ITABUNA.

Boas Festas.

CASA DE CARIDADE VOVÓ NANÃ, PARTICIPA DO II SEMINÁRIO DE POVOS DE TERREIRO DE ITACARÉ-BA.

Aconteceu no dia 28/11, no Centro Cultural Porto de Trás, o II Seminário de Povos de Terreiro, da cidade de Itacaré, cujo tema foi: Por um Estado laico e de direito para todos!

Na oportunidade, foram convidados, dirigentes de terreiros de várias cidades da região sul da Bahia e do próprio município e adjacências.

II SEMINÁRIO DOS POVOS DE TERREIRO DE ITACARÉ

PROGRAMAÇÃO

✅ 07:30h – Padè de Exu- Concentração na Praça do Fórum.

✅ 08:00h – Café da manhã e inscrições.

✅ 09:00h – Saudações do Coletivo Agô e Fala Institucional – Autoridades Religiosas, rep. do Executivo e Legislativo, Secretarias Municipais (Meio Ambiente, Cultura, Educação, Desenvolvimento Social).

✅ 09:30 – Lançamento do Mapa dos Terreiros de Itacaré*
Com Ronaldo Eli- Terreiro, Cultura e Tecnologia: desafios e possibilidades (Terreiro Sítio das Matas/Quilombo Santo Amaro).

✅ 10:00h – Rodas de Conversa: Roda 1
Estado laico e de direito para todos: O que diz a Legislação

Defensoria Pública /Regional Ilhéus com
Dr. Flávio César Damasco-Professor de Direito, Especialista em Direito Público
Yá Rita Freitas – Terreiro Babá Wallamym/Fenacab.

✅ 10:45h- Roda 2 Identidade e representatividade do povo de terreiro: Isso importa ?

A importância do cuidar da saúde plena do povo de terreiro
Ivone Eleotério – Psicóloga e Dofona de Oyá Terreiro Oonisunje Egbé Iyemonjá Ogunté- Projeto Olabissì

• Juventudes de terreiro: reconhecer-se para atuar

Wicson Nunes Kafunguirá-Coordenador estadual dos Jovens de Axé Renafro Saúde/Coordenador Jurídico do Instituto Ilabantu;

• Povo de Terreiro e a ocupação dos espaços de decisões políticas
Laina Crisóstomo – co-vereadora da mandata Pretas por Salvador.

✅ 11:45h – Terreiro como Patrimônio Cultural Material, Imaterial e Geológico

• Patrimonialização dos Templos Afro-religiosos: Casa Branca e Pedra de Xangô

Dra. Maria Alice Silva – Rede Pedra de Xangô/Jurista preta, Ekedji suspensa de Xangô do Ilê Asé Obá Paleòmon;

Memorial Unzó Tombenci Neto – guardião da memória ancestral

Marinho Rodrigues (Tata Luandenkossi) –Administrador do Memorial Unzó Tombenci

• O Museu Territorial Ilê Lailai Inês Mejigã e o fortalecimento da Museologia Social no Sul da Bahia
Vânia Brayner – Museóloga e pesquisadora Unesco/ULHT Lisboa.

✅ 12:30h – Ajeum/ **Almoço

✅ *13 *:30h- Toques sagrados para* despertar .*

✅ 13:45h – Roda 3
Kosì Ewè, Kosì Orixá – Preservação Ambiental X Preservação do *Sagrado

Pablo Junot Veterinário/Diretor Municipal de Meio Ambiente
Evaldo Batista- Ceplac/Coordenador do Projeto Biofitos de Plantas Medicinais
Ronaldo Eli – Educador popular, empreendimento Igbò Cura das Matas;
Luciano Costa – Babalorixá, Doutorando em Agroecologia e Desenvolvimento Territorial/UNEB/Ilê Axé Ijexá Omi T’Odé.

✅ 15:00h- Roda 4:
Lugar de escuta X Lugar de fala: Dialogando com pais e mães de Santo sobre os desafios da família de terreiro: Escutando a fala dos mais velhos.

✅ 16:00h Plenária
Leitura e aprovação da minuta – Agenda Povos de Terreiro de Itacaré.

✅ 17:00h- Encerramento Agradecimentos/Louvação a Oxalá/Apresentações culturais/Coffee break.

Representando a ONG Associação Umbandista e Cultural Casa de Caridade Vovó Nanã Buroquê, estiveram presentes, Mãe Arlene, Yalorixá do Terreiro de Umbanda Casa de Caridade Vovó Nanã e Luiz Claudio, presidente da ONG e dirigente da Casa.

O evento foi organizado pelo Agô Povos de Terreiro de Itacaré, que representa o Coletivo de Povos de Terreiro de Itacaré e Região. Apoiaram o evento, entidades e movimentos representativos de lutas, enfrentamentos e resistência, tais como: MCPTI/FOPROMI/RENAFRO.

Destacar, irmãos, amigos e conhecidos que prestigiaram o evento, como a co-vereadora de Salvador, Laina Crisóstomo (PSOL); o vereador de Itacaré (PT), Diego de Bidal ;Diretor de Meio Ambiente Pablo Junot; Wicson Nunes, advogado, jovem do axé, RENAFRO; Ronaldo Eli, Educador Popular; Tata Luandenkossi, Pres. Ong Gongobira; Evaldo Batista, Projeto BIOFITOS; Taata Nkise Ykatamba, Abassá de Lewá Tumbensi Bisneto; Tata Kambalandé, Abassá Kalungerê de Omolú Filho; Rafael Batista, Artista Plástico, Produtor Cultural, Umbandista.

As frentes de trabalhos, dos representantes do Coletivo dos Povos de Terreiro, ofereceram aos convidados e participantes do evento, um delicioso Coffe Break de recepção, um carurú delicioso no almoço e um lanche vespertino de primeira categoria. Parabéns à todos os envolvidos.

Somente AGRADECIMENTOS, por momentos imperdíveis e gratificantes que passamos. Muita troca de experiências e saberes e o prazer de reencontrar amigos e fazer novos.

Esperamos com fé em Deus, poder participar de mais eventos de Povos de Terreiro de Itacaré. Que venha o III Seminário 2022.

SOMENTE UNIDOS CRESCEREMOS, RUMO A UM OBJETIVO COLETIVO.

PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA DE ITAJUÍPE, É REALIZADO O 1 ENCONTRO DE CULTURA AFRO-BRASILEIRA E A PRIMEIRA CAMINHADA DE POVOS DE TERREIRO.

O Coletivo de Povos de Terreiro e a Diretoria de Cultura de Itajuípe realizaram em Itajuípe, I ENCONTRO DE CULTURA AFRO-BRASILEIRA e 1 CAMINHADA DE POVOS DE TERREIRO DE ITAJUÍPE, que aconteceu, nos dias 12 e 13 de novembro de 2021, na Casa de Cultura Junot Matos de Santana. O evento abordou temas relativos às identidades da cultura afro-brasileira, o Racismo Religioso, a violência contra os terreiros, a Intolerância Religiosa, a Homofobia, etc. Tivemos a oportunidade de assistir duas ótimas palestras, sobre O Projeto Biofitos (Extratos Fitoterápicos e seu uso no combate a algumas patologias) em seguida a palestra com Egnaldo França, Coordenador da Renafro em Itabuna, e Diretor da ENCANTARTE, cujo tema foi, O EMPODERAMENTO NEGRO.

Oportunamente, nos dois dias, foram realizadas oficinas de Tranças e Maquiagem, exposição de artesanatos em vagonite e arranjos de flores em tecidos. Tivemos também, apresentação do Ballet de Raul Estrela, com a bailarina Laura Moreira e a apresentação do Ballet dos Filhos da Casa de Caridade Vovó Nanã, que apresentaram a Dança, cujo tema foi Segredos dos Búzios, tipificados de Mameto Oxum.

A Prefeitura de Itajuípe, através da Secretaria de Desenvolvimento Social \ Diretoria de Cultura, ofereceram nos dois dias, delicioso café da manhã, acarajés e abarás no lanche, para recepcionar os nossos visitantes, e no segundo dia (13.11), uma deliciosa feijoada para os nossos convidados que vieram em caravana da cidade de Ilhéus. Foi ofertado ainda, transporte para os mesmos convidados.

Na mesma programação, tivemos a participação da Roda de Capoeira de Itajuípe, comandada pelo mestre Léo da Capoeira e convidados do Assentamento Loanda. O ponto culminante ocorreu na parte da tarde do sábado, dia 13.11, quando conseguimos reunir o Coletivo de Povos de Terreiros de Itajuípe e localidades vizinhas a nossa cidade.  

Vieram Babalorixás, Yalorixás, Ekedjis, Ogãs, Ebomis, Yaôs, etc, nos apoiar e participar da grandiosa festa em desfile pelas principais ruas do centro da nossa cidade e a Banda Percursiva Gongobira, de ilhéus. Vale salientar, que a passeata foi pacífica, clamando por respeito as nossas religiões de Matriz Africana, a liberdade dos cultos, e o direito garantido pela nossa constituição a exercermos a nossa Laicidade.

Ao poder público coube nos garantir a estrutura para a realização do nosso evento de caráter cultural e religioso. A Polícia Militar, a garantia da nossa segurança, que de prontidão foi concedida, pelo Comandante do Pelotão de Itajuípe, Sub-Tenente Machado.

Por uma questão de pertencimento religioso, cultural e Social, é importante salientar que a REALIZAÇÃO deste grandioso evento, foi uma iniciativa da CASA DE CARIDADE VOVÓ NANÃ, que teve seu nascedouro inicialmente na contra partida na contemplação da Lei Aldir Blanc. Iniciativa essa que teve total compreensão e apoio do Prefeito Marcone Amaral, da Secretaria de Desenvolvimento Social, Raiane Passos e da Diretora de Cultura, Silmara Oliveira, do Agente Cultural Igor Góes, que não mediram esforços para a consecução desse grandioso evento, que foi amparado pela Lei 1021/2020, que “cria a Semana Municipal de Povos de Terreiro de Itajuípe, ao mesmo tempo que inclui as atividades, no calendário oficial do município e dá outras providencias”. recém votada pelos nobres edís na[LCCB1]  Câmara Municipal e sancionada pelo prefeito Marcone Amaral.

De nossa parte, humildemente, só nos resta agradecer, em primeiro lugar ao Pai Criador Olorum, a todos os Orixás e entidades, que emanaram boas energias para a paz e o sucesso da nossa caminhada e samba de roda, aos apoios de todos os nossos Patrocinadores, Convidados, Dirigentes dos Terreiros de Itajuípe e região. E que no próximo ano, com a permissão de Pai Oxalá, possamos dar continuidade a essa belíssima e marcante festa.

Axé para todas, todes e todos.


 [LCCB1]

Itajuípe: Primeiro Encontro de cultura Afro-brasileira acontece neste fim de semana

A Prefeitura de Itajuípe, através da Secretaria e Diretoria de Cultura, e em parceria com o Coletivo de Povos de Terreiro de Itajuípe realizam, nos dias 12 e 13 de novembro, o I Encontro de Cultura Afro-Brasileira no município. O encontro contará com a participação de todos os terreiros de religiões de matriz africana e indígena do município de Itajuípe, além de autoridades e demais convidados dos povos de terreiro de toda a região.
Com o objetivo de comemorar a Semana Municipal dos Povos de Terreiros de Matrizes Africanas e Indígenas no Município de Itajuípe, instituída pela Lei nº 1021/2020, Itajuípe verá pela primeira vez uma mobilização coletiva em prol da valorização dos povos negro e indígena, sua cultura e suas lutas e sua religiosidade.
O evento contará com a participação de autoridades religiosas, artistas, coletivos de música, dança e culinária, marcando o início de um novo calendário cultural e religioso, focado nas religiões de matriz africana e indígena, como o candomblé e a umbanda, por exemplo. Também será realizada I Caminhada dos Povos de Terreiro de Itajuípe, no sábado. Também foram convidados para o evento membros e lideranças de outras religiões, promovendo o respeito e a tolerância para com as religiões em destaque neste evento.
Para o Prefeito Marcone Amaral, “Estamos muito felizes em proporcionar aos nossos munícipes religiosos de matriz africana e indígena condições para comemorar uma semana dedicada à sua cultura e seus costumes, já formalizada em Lei Municipal. O respeito e a dignidade já previstas na lei maior de nosso país, a Constituição Federal são, mais uma vez, reforçados em nossa cidade e damos todo o apoio à diversidade de manifestações culturais e religiosas em nosso município”, declarou.

Itajuípe: Torneio Estação Open de Futevôlei marca calendário esportivo regional

A Prefeitura de Itajuípe, através da diretoria de esportes e em parceria com os atletas de futevôlei do município realizaram o campeonato Estação Open de Futevôlei: o torneio das máquinas, de 14 a 17 de outubro. Durante os quatro dias de realização torneio, Itajuípe e região conferiram uma variedade de atletas, cidades e categorias competindo num esporte pouco tradicional no município, mas com muitos praticantes e uma torcida apaixonada. Com a crescente adesão ao futevôlei na cidade, a realização do torneio foi uma consequência natural.

A organização do evento contou com a Diretoria de Esportes, através e Rondinelli Oliveira, mas também com os atletas praticantes do esporte, como Ricardo da Silva Oliveira e Raiat Vieira, referências do futevôlei em Itajuípe. A mobilização regional dos atletas do futevôlei também foi um destaque, com os organizadores trazendo duplas de diversos municípios, como Coaraci, Buerarema, Itabuna, Almadina, citando algumas, para a competição que animou toda a torcida itajuipense.

Com toda a região de olho, o evento não decepcionou. Muitas duplas nas categorias iniciante, mista e master fizeram da Praça da Estação a praça do futevôlei e o centro do esporte regional neste fim de semana. Com a conclusão do evento, premiações e muita alegria, fica a saudade do esporte que aos poucos foi conquistando o coração dos itajuipenses e que tem um grande público ávido por mais torneios do tipo.

Para o Prefeito Marcone Amaral “incentivar o esporte é uma das nossas missões e a realização deste open de futevôlei mostrou o potencial de modalidades como esta, antes pouco praticada no município, mas que tem muito a oferecer aos nossos jovens e a toda nossa comunidade. Estamos muito felizes com este campeonato que nos presenteou com um excelente retorno aos eventos esportivos em nosso município”, declarou.

MARCONE AMARAL, PRESIDENTE DA AMURC E PREFEITO DE ITAJUÍPE, ASSINA O PROTOCOLO DE INTENÇÃO DE COMPRA DE 1 MILHÃO DE DOSES DA VACINA SPUTNIK.

Recém empossado, o Presidente da AMURC, Marcone Amaral, também Prefeito de Itajuípe, vem colocando em prática o cronograma de atividades e ações da AMURC, que visam o fortalecimento político administrativo regional, no Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia.

Em reunião hoje, quinta-feira, 25/02, na AMURC, Marcone Amaral, representando todos os prefeitos que compõem o órgão, assinou um protocolo de intenção de compra de 1 milhão de doses da vacina SPUTNIK V, via Fundo Soberano da Rússia (RDIF), com o apoio decisivo e a presença, do líder do governo na AL, o Deputado Estadual Rosemberg Pinto (PT) e do Presidente da Câmara Municipal de Itabuna, Erasmo Ávila.

Lembrando que a aquisição e distribuição da vacina SPUTNIK V, está condicionada aos órgãos regulatórios do MS, devido aos protocolos e procedimentos para a liberação final.

A medida visa beneficiar 35 municípios conveniados com a AMURC: Almadina, Arataca, Aurelino Leal, Barra do Rocha, Barro Preto, Buerarema, Camacan, Camamú, Canavieiras, Coaraci, Firmino Alves, Floresta Azul, Gandú, Gongogi, Ibicaraí, Ibicuí, Ibirataia, Iguaí, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajú do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Itororó, Itarantim, Maraú, Mascote, Jussari, Santa Cruz da Vitória, Santa Luzia, Ubaitaba, Una e Uruçuca.

Itajuípe: governador Rui Costa pede projeto para nova ponte no município

Em audiência nesta segunda-feira, 08, com o governador Rui Costa, o Prefeito Marcone Amaral confirmou junto ao governador o projeto de uma nova ponte no município. Além das pautas regionais discutidas, a proposta da nova ponte visa a melhoria do trânsito que interliga os municípios de Itajuípe, Coaraci Almadina e Itapitanga.

Além do projeto da nova ponte, o Governador rui Costa também confirmou o projeto do Centro de Canoagem, a ser implantado no Complexo Turístico Jorge Amado, em Itajuípe. As obras do Centro de Canoagem estão sendo planejadas desde 2018 que agora recebem a autorização do governador para execução das obras.

Par o prefeito Marcone “estas obras são muito importantes para o município de Itajuípe, mas também trarão benefícios para os municípios de Coaraci, Almadina e Itapitanga, melhorando o trânsito para estes municípios. Agradeço aos Deputados Rosemberg Pinto, Paulo Magalhães por todo apoio e carinho pela cidade de Itajuípe e ao nosso governador Rui Costa, por tratar o nosso município e a região com muita responsabilidade”, declarou.

SAÍDA DE MUZENZAS

O Inzó Mutakalambo, com a direção do Pai Jurandy de Kabila, tem a honra de convidar, Babalorixás, Yalorixás, Ekedjis, Ogãs, clientes e simpatizantes das religiões de Matriz Africana, para juntos comemorarmos com muita honra e alegria, a saída de Muzenzas, que será no dia 13 de fevereiro (sábado), às 22:00hs., no dia 14, seguindo a programação dos festejos, teremos a Quitanda dos Êres, às 10:00hs, e na parte da tarde, à partir das 14:00hs, teremos o Samba de Roda dos Filhos de Neguinho, homenageando o catiço Marujo Quimbanda. Finalizando na segunda-feira, (16/02), teremos o Deburú de Kavungo, às 22:00hs.


Você é nosso convidado!


Agradece,


Pai Jurandy de Kabila

O ITAJUIPENSE ZÉ CARLOS N’GÃO, UM ÍCONE DO TEATRO NO INTERIOR BAIANO.

Apresento-vos, o Diretor da Cia de Teatro Pedra e Espinho: José Carlos da Silva (1950) nome artístico, José Carlos Ngão. Formado no ano de 1983 em Direção Teatral pela Escola de Teatro da UFBA; iniciou a carreira como Ator de Teatro no espetáculo “Morte e vida Severina – João Cabral de Mello Neto/Ametista Nunes, no ano de 1975 com o grupo Cisco”.

Além de participar de diversos espetáculos nas funções de assistente de direção, iluminador e operador de luz (Artistas, Lazzo Matumbi, Alvaro Assmar, Margarete Menezes, Timbalada, Vania Abreu), bem como, dirigindo diversos espetáculos, (Canção da Saga de Luiz Cuti, O Nome da Morte de Ronaldo Braga, Risco no Chão de Gil Novaes, Primavera Negra de diversos Autores), atuou em diversos filmes, sob Direção local e nacional, a saber:

🎭Pixaim de Fernando Bellens
🎭Cega Seca de Sofia Frederico
🎭Piranjuipe de Cicero Bathomarco e Jonga Luca
🎭Jardim das Folhas Sagradas de Pola Ribeiro
🎭Senhor dos Labirintos de Geraldo Motta (melhor filme do júri popular fest-rio cine/RJ), entre outros.

Participando de diversos cursos, festivais, jornadas e seminários na área, no Brasil e exterior, recebeu prêmios e indicações em festival realizados na Bahia e no Brasil como melhor iluminação do espetáculo Deus Danado no Rio Cena contemporânea (2005), realizador de oficina de Iluminação Cênica No Centro de Cultura Adonias Filho onde exerceu a função de Técnico de Luz.

Post by @alana.jornalismo

📸 @luizclaudio.costabatista
https://www.instagram.com/p/CJ81VN0BWPb/?igshid=l4zebdmtp8se

COMPANHIA DE TEATRO PEDRA & ESPINHO REALIZA AUDIÇÃO PARA ESPETÁCULO MUSICAL DE CIRCULAÇÃO REGIONAL

A Companhia de teatro Pedra & Espinho realiza em Itajuípe, entre os dias 06 a 15 de janeiro de 2021, seleção de atores, músicos e técnicos para participação no processo de criação e execução do espetáculo musical: ITAHUIPE- antes das Pedras e dos Espinhos.

O projeto cultural proposto pelo jovem itajuipense Rafael Batista, tem apoio financeiro do Estado da Bahia, através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia – Funceb (Programa Aldir Blanc Bahia), via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Nesta primeira etapa de execução do projeto serão efetuadas a contratação de equipe e serviços, planejamento, preparação do espaço e audições de elenco/músicos. As inscrições estão sendo realizadas de segunda à sexta-feira das 09:00h às 12:00h e das 14:00h às 17:30h, na Casa de caridade Vovó Nanã. Estima-se ofertar 40 empregos temporários locais, dos quais 15 serão em caráter de bolsa, no valor de R$300,00.

Após as audições, com divulgação prevista dos resultados para o dia 27 de janeiro, os atores contemplados participarão do processo de pesquisa, produção e encenação da obra, cuja autoria é do pesquisador cênico Luiz Guimarães e direção de José Carlos Ngão, ambos artistas premiados e voluntários do projeto.

Para além do debate técnico sobre a forma de elaboração da peça teatral, ITAHUIPE promove o resgate da memória e identidade cultural da comunidade itajuipense, indo de encontro a narrativa construída numa perspectiva dos ditos “desbravadores”, colocando em evidência os povos indígenas que ocupavam a região onde se formou a cidade antes do período de derrubada da mata para o plantio do cacau.

Jornalista responsável: Alana Rodrigues.